quinta-feira, julho 30, 2009

15 meses

Aos poucos são imensas as conquistas e feitos heróicos que me deixam cheia de orgulho do meu meio quilo de gente. O sorriso continua a ser a sua melhor arma persuasora... mesmo ás 4 da manhã, não há como resistir às covinhas que aparecem naquelas bochechas mais lindas deste mundo.

Já sabe ir por as coisas ao lixo, trazer os sapatos dele para calçar, pegar no telefone, coloca-lo ao ouvido e dizer um sonoro "tá?", procurar o comando certo da TV e fazer zap por canais que eu nem sabia que existiam... este meu filhote é um must! Já não fica no parquinho, deita abaixo este mundo e o outro, então anda pela casa toda a mexericar e a meter coisas à boca.

Adora o primo, fica mesmo aos pulinhos quando ele vem cá a casa passar o dia, depois é servir de moderadora a tarde toda, quer sempre tudo o que o primo pega, quando crescerem vai ser lindo...

Fez a sua primeira viagem de comboio na semana passada, Porto-Régua... chegou com as mãos e os joelhos negros de tão sujo, mas correu a carruagem toda, meteu-se com toda a gente e atirou beijinhos aos barcos com iam rio acima. Mais viagens estão prometidas. Ainda este mês iremos ao Algarve uns dias, vamos com os avós e os papás do primo Zé, as brincadeiras vão continuar verão fora.

Apesar do verão estar bastante tímido tem sido bem mais facil suporta-lo desta forma, lembro-me de passar noites em claro e só conseguir adormecer já de madrugada... tudo por causa do calor insuportável... este ano ainda não aqueceu como devia. À custa disto o Pedrocas que dorme sempre destapado continua de pijama de manga comprida e calças, os de calções e manga curta não saíram do gavetão... hoje mesmo além do pijama ainda tem um body de manga caveada por baixo do pijama, com a chuva o ar arrefeceu imenso, o vento veio ajudar a ficar ainda mais desagradável.

Aproveitava para deixar um beijinho bem doce para a mamã da Lu que está em recuperação, vais ficar boa num instante!!!! Imagino o que te deve ter custado teres ficado longe das tuas princesas, mas foi por um bom motivo, agora têm de volta uma mãe mais descansada, estes problemas de saúde deixam qualquer uma esgotada. Agora olhar para a frente que atrás vem gente ;)

segunda-feira, julho 27, 2009

Quase 15 meses

Actualização dentária:

"Incisivos centrais inferiores 6 a 9 meses (certo, foi em Dezembro ao fazer 7 meses)
Incisivos superiores 8 a 10 meses (na fronteira dos 10 meses, em finais de Março)
Incisivos laterais inferiores 15 a 21 meses (primeira semana e ultima de Junho)
Primeiros molares 15 a 21 meses (já estão de fora os dois, foi durante este mês de Julho)
Caninos 16 a 20 meses
Segundos molares 20 a 24 meses"

Continua sem sintomas sempre que aparece um dente... noto é quando mama que alguma coisa está diferente, vou ver e lá está mais um.
Fica tão estranho com os molares e sem caninos... estes dois que já nasceram são os primeiros dentes definitivos dele, já lhe comprei uma escova de dentes. Quando eu lavo os meus ele lava os deles, mas a seguir a escova já serve para varrer o chão ou pentear o cabelo... escova polivalente esta.

domingo, julho 26, 2009

Demais!!!

E ecológico ;)

terça-feira, julho 14, 2009

8 Meses

Mais vale tarde que nunca! Por isso.... Parabéns Migú pelos teus 8 meses de idade, que completaste ontem.

Os primos têm ido à praia e a diversão é sempre grande, areia aos montes sempre com umas banhocas geladas para ajudar a lavar. O avô multiplica-se em brincadeiras e a avó faz uns lanches fabulosos sempre cheios de miminhos.


Publicidade

Será só impressão minha ou a maioria da publicidade é sobre medicamentos sobre a regulação do transito intestinal e suplementos vitamínicos?

Será que ninguém se lembra de recomendar que se melhorarem a alimentação não precisam de nada disto? Pois... comer melhor não ajuda a enriquecer ainda mais a industria farmacêutica...

quinta-feira, julho 02, 2009

1 ano e 2 meses de tropelias

Afinal e aparentemente nada aconteceu á roupa, não vi nenhuma peça tingida nem nada que tenha encolhido... as minha calças de ganga estão impecáveis. Resta-me chorar a energia gasta desnecessariamente.

Inaugurou a testa com uma tangente ao muro de casa, os pés ainda não se entendem muito bem e deu nisto, corre para o cão, uma escorregadela e de prémio uns arranhões na testa. Um bocadinho de mama e passa tudo.

A pobre Fionda é sempre o alvo do lançamento do brinquedo, mas volta sempre para lhe lamber o que estiver mais a jeito, partilham o osso de roer e outros tesouros alimentícios que não ouso mencionar.

Sem duvida 14 meses de felicidade.

quarta-feira, julho 01, 2009

Fabuloso