sexta-feira, fevereiro 08, 2019

Das bandas de lá de cima

Sendes serbidos do pouco que mal me tchega, oferecido de má bontade e se pegais pouca bergonha tendes?

Day #2

Oh... fiquei uma desgraça, assim como profissional daquilo faço uma aula de Body Pump, hoje andava agarrada às paredes sempre que tinha de descer ou subir escadas, parecia uma inválida.

Mais uma sessão de acupunctura, a lombar está melhor mas nada que uma noite de sono não estrague... podia dormir mais sossegada, não?

Amanha ou sábado há mais, mas será Pilates que isto assim não é vida!

terça-feira, fevereiro 05, 2019

Day #1

No ginásio consulta de avaliação fisica feita, circuito programado e executado com alguma dificuldade porque não sei onde estão as máquinas... uma nem, usei porque não sabia como me enfiar nela.

Amanha há mais!

quinta-feira, janeiro 31, 2019

Day #0



  • Um mês sem medicação

  • Inscrição no ginásio feita

  • 1º tratamento de acupunctura
 

segunda-feira, setembro 04, 2017

Enquanto espero...

1 Setembro - Narcos 
27 Setembro - Empire
27 Setembro - Star 
2 Outubro - Lucifer
29 Novembro - Vikings

Da série Star ainda só vou na segunda temporada, é telenovela mas entretém.

domingo, setembro 03, 2017

ComicCon 2018 em Lx?

Pois diz-se que sim neste artigo - https://www.dinheirovivo.pt/buzz/comic-con-o-maior-evento-de-cultura-pop-muda-se-para-lisboa-em-2018/

Mais um evento para a miudagem histérica dos festivalinhos de verão.

Justificações para ir para Lisboa:
  • - Ao realizarmos este evento em Lisboa criamos uma ponte mais rápida para chegar a espanhóis e outros europeus que queiram vir fazer parte desta festa”
Tipo o Low Cost existente no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a Galiza não é Espanha.... cenas assim.
  • - “há maior oferta hoteleira, maior capacidade de distribuição e interação”
Pois... o Porto não tem hotéis :(
  • - A Comic Con também vai passar a dividir-se em pelo menos cinco locais diferentes em vez de concentrar tudo num centro de exposições.
Bute lá distribuir o evento por várias zonas em Lisboa, onde não há transito, nem horas de ponta caóticas. Estou a ver o pessoal do Cosplay em Setembro a andar de autocarro fresquinho para ir de evento em evento, priceless!
  • - “Queremos promover a interatividade e o conceito por temas, além de introduzir uma componente festivaleira.”
Já faltava, para atrair os adolescentes que nunca viram uma BD na vida. Mas pronto é o espírito festivalinho de verão que Lisboa não tem e fazia falta.

A perder assim identidade, faz bem em ir para outro lado qualquer.


domingo, agosto 27, 2017

Soltos

"O menino berrou: "Posso sair da mesa?" A resposta veio da mãe, com um acenar de cabeça, com enfado. A criança, três, quatro anos, saltou da cadeira e começou a correr. O restaurante estava cheio, os empregados, numa roda-viva, traziam perigos pelos braços. Perigos para quem está de fora do alcance dos seus olhos. Da cozinha vinham sopas, tachos, xícaras. Quentes. As vozes dos adultos cruzavam conversas com pedidos. Na mesa ao lado, uma menina vive a excitação de ver alguém da sua idade à solta, a entrar e a sair de portas, algumas com letreiros visíveis de proibição a estranhos. O menino continua a correr. Os empregados pedem piedade com o olhar para a mãe sentada, que mantém o ar de enfado. Ela murmura o nome do filho e diz: "Pára quieto". A menina da mesa ao lado também fica à solta. Duas crianças no meio dos mesmos perigos. Nas duas mesas, os adultos continuam, calmamente, a refeição. Um dos donos aconselha a tirar as crianças do circuito de trabalho. Os pais entreolham-se e pedem a conta. Ouvem-se gritos da menina. Pede-se gelo para os dedos que entalou na porta da casa de banho. As duas mesas inteiras põem-se de pé. O menino sossega. Tem ar de culpa. Leva um raspanete com voz grossa do pai. Volta a correr. A mãe chama-o com tédio. E desabafa: "Estou cansada disto". Sai em silêncio. Só o menino grita adeus à menina que continua a correr apesar dos dedos magoados."


Fonte: http://www.jn.pt/opiniao/margarida-fonseca/interior/soltos-8728967.html
Por Margarida Fonseca