terça-feira, agosto 19, 2008

Semana para esquecer

Na semana passada aconteceu de tudo, cada coisa piorava a anterior… sistema nervoso a entrar em tilt.

Na segunda, por causa de um cachorro quente (será?) no fim de semana, voltaram as minhas hemorróides. Cada ida ao WC é precedida de 8 horas de sofrimento, quando calha a ser durante a noite nem pegar no Pedro consigo.

Terça-feira, o Pedro aparece cheio de aftas na boca. Lá pego nos meus cardápios e identifico a coisa “sapinhos” (candidiase infantil), mas só dei conta à noite, durante o dia parecia-me restos de bolçado ou leite. Ligo para a minha mãe, a minha irmã também teve e pelos vistos só lhe receitaram um calmante para a boca (bocagel), ligo para o Doi Doi Trim Trim, confirmam as minhas suspeitas mas não dão tratamento, dizem-me para o levar ao médico num prazo máximo de 3 dias. Leva-lo ao hospital aquela hora da noite era vir de lá com mais meia duzia de doenças, optei por ligar a uma amiga do coração que me acalmou e explicou que só tinha sito uma alteração intestinal, que enquanto o Pedro estivesse a mamar bem e bem-disposto (sempre) que bastava iogurte com bifidus. Quarta-feira, mal o supermercado abriu lá fui eu comprar iogurte. Aproveito sempre que ele adormece e coloco-lhe um pouquinho de iogurte na boca, lá fica a fazer efeito, como fui eu que o contagiei com a minha candidiase tive de me besuntar também, depois de dar de mamar lavar bem os mamilos, passar do meu leite, deixar secar e passar iogurte, sem contar com os 4 que vou comendo. À noite passo iogurte nas partes baixas para evitar que tenha comichão. Na quinta ele já apresentava melhoras, as aftas tinham-se transformado numa base branca. Durante toda a quarta-feira mamou bem devagar, não era aquela sofreguidão bem característica, mas na quinta já se desunhava todo mal eu levantava a camisola. A boca dele tem vindo a limpar, já falta pouco… mas o rapazinho passou a gostar do iogurte, sempre que me vê ir buscar um para eu comer já está de bracinhos estendidos e de boca aberta. Faz sempre uma careta, suponho que por estar frio, mas deita mais para fora do que para dentro. Nota-se que ainda não está na hora de iniciar uma alimentação mais consistente, mas vai provando novos sabores. A pedido dele já lhe passou pela boca pêra e melão, suga com força mas se algum pedacinho lhe vai para a boca deita-o logo fora. Engraçado que só pede daquele iogurte, nem liga ao “corpos danone” que a tia come nem a outras comidas, mas mal me vê levar um pedaço de melão á boca está capaz de o comer este mundo e o outro.

Pois, mas as coisas não terminaram por aqui. Tinha pedido à minha mãe se fazia o favor de levar a Fionda a ser vacinada juntamente com o cachorro deles… como se tentou “cruza-la” com outro boxer a minha mãe aproveitou e pediu à veterinária para verificar se ela estaria prenha. Ninguém acreditava que estivesse, ela tem uma paixão doida por um cachorro puro rafeiro que mora do outro lado do portão nunca que ia deixar que ninguém se aproximasse com segundas intenções. O resultado da ecografia foi uma infecção uterina, suspeitas de piometra, o melhor tratamento é a castração. Por acaso fazia parte dos meus planos esteriliza-la mal houvesse a confirmação de que não estaria prenha… mas não precisava de ser assim.
Antibiótico, fez ontem analises, estou à espera dos resultados. Deve ser operada amanha.

4 comentários:

Ana e Kiko disse...

Realmente só azeres.
N sabia isso do iogurte. Ainda bem k já estao melhores.
Tadinha da cadela. As melhoras.
BJ

mamanatura disse...

Imagino!... Espero que já esteja tudo mais calmo. Fico à espera da vossa visita. :)

moya disse...

Tadinha, isso é que foi uma semana e "pêras".
O meu cao tb está à espera do resultado de uma biópsia, mas no caso dele é mais grave...
Força,
beijinhos,
moya

Maria Moreira disse...

Viva

Tropecei no teu blogue há pouco e ainda não consegui parar de ler e aprender.
Também acredito em coisas mais naturais, numa medicina mais natural e humana do que esta que está como oficial.

A propósito de candidíase (e desculpa se vou meter a colher onde não sou chamada, principalmente porque este post foi escrito há tanto tempo), lembrei-me que talvez este blogue te pudesse ajudar (se não for a ti ao menos que ajude outra pessoa):

www.soniahirsch.com

Ela - jornalista e escritora de livros para promoção da saúde - sofreu com a candidíase e desenvolveu uma dieta bastante interessante para controlar a dita.

Força :)