terça-feira, novembro 25, 2008

Agora sim

Todos os dias este rapazinho me prenda com coisas novas, é a alegria da casa com as gargalhadas mais lindas do mundo e aquele inacabar de mã-mã-mã-mã que me deixa cheia de orgulho.

A maior aventura é mudar-lhe a fralda, o despir ainda vá mas a partir do momento em que tenho de por a fralda começa a saga, não quer ficar de barriga para cima então está sempre a tentar virar-se, já estou mestra em vesti-lo ao contrário, vesti-lo de pé e até sentado… deitado de barriga para cima é que não.

Eu sempre fui uma desgraça na cozinha, não gosto e por isso sempre passei essa parte das lides domésticas, enquanto morava com as minhas irmãs era responsabilidade delas, agora é do maridex. Mas acabei por assumir a comida dele, limito-me a fazer algumas pesquisas na net principalmente no Blog SolBaby, faço algumas adaptações consoante os ingredientes que tenho em casa e lá vou fazendo umas sopas e cremes, seja lá como for… ele adora, parece um saco sem fundo, come que é uma maravilha. Acho que o facto de ter esperado que ele estivesse preparado para comer ajudou muito, não foi forçado. Custa-me ver enfiarem comida pela boca a dentro de crianças que ainda não estão preparadas para a receber, elas próprias com a língua colocam a comida fora, mas lá insistem causando problemas na alimentação que se vai arrastar para o resto da vida.
Até pode ser mariquice da minha parte mas o que a quinta onde moram os meus pais não produz eu compro em agricultura biológica, eu fui alimentada sempre com produtos biológicos, gosto de praticamente tudo e não faço alergia a nenhum alimento, custa-me dar ao meu filho frutas e legumes que levaram conservantes para que se mantenham bonitas e apresentáveis por mais tempo, antibióticos e corantes. Sei que é um pouco mais cara, mas não me custa nada tirar a coisas supérfluas (sim, as minhas prioridades mudaram pelo melhor motivo do mundo) para que ele possa comer bem, e como come bem :)))

5 comentários:

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, tens toda a razão, a mim também me faz muita impressão forçarem as crianças a comer quando elas não querem...
O teu filhote está lindo, parabéns!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Rita Costa disse...

Esta fotografia está o máximo!

Entendo bem o que dizes da agricultura biológica. Eu não compro tudo biológico, porque é realmente muito caro e faço dia sim dia não um grande panelão de sopa.

Mas quando eram pequeninos utilizava tudo biológico e dáva-me um prazer enorme vê-los a comer sopa e frutinha de qualidade :)

Beijocas
P.S. Mais logo vou-te enviar um mail

pedradababy disse...

Oi Rosa. Essa foto está muito linda e adorei saber as novidades porque o teu Pedro está muito desenvolveido para a idade. Em relação à papinha estou de acordo com o não forçar. Eu tive a infelicidade de não conseguir amamentar mais que os 3 meses, e bem tentei. E não reisiti a dar a primeira papa aos 4 meses. Mas tento nunca forçar. Insisto porque as crianças precisam habituar-se aos novos sabores e texturas mas não obrigo nem forço. E vou dando devagarinho alimentos diferentes. O pior é que, à semelhança da amamentação, sofro de todos os lados uma pressão enorme que a menina devia comer isto, aquilo, mais quantidade, mais isto mais aquilo. Afeeeeeeeeee, ninguém mereçe! Mas eu falo o que meu instinto acha melhor para a minha cria. Mai nada. O teu caso que deste sempre de mamar, para mim é o ideal.
Beijocas grandes

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, muitos parabéns pelos 7 meses do Pedro!

Beijinhos gordinhos,Sofia,Pedro e Joana

Ana Fernandes disse...

Olá mamã autónoma.
Tens um rebento fabuloso.
e um sobrinho também muito lindo.
Será que as diferenças de idade os afastarão dos meus?
A nós não afectou muito...
Espero que brinquem juntos.
Muitos beijinhos.