segunda-feira, dezembro 15, 2008

Porque adoro ser mãe de um menino

Quando fiquei grávida perguntaram-me imensas vezes se queria menino ou menina, quando respondia “Tanto faz” era mesmo sincera, venho de uma família de mulheres, realmente ia ser bem mais fácil tratar de uma menina, mas se fosse um menino a novidade também ia ser igualmente agradável, realmente tanto fazia ser menino ou menina. Tive um menino e daqui retirei algumas justificações (adaptei duas) de porque é bom ser mãe de um menino:

- Porque é diferente... (para quem só tem irmãs!);
- porque, como diz a lenda, são verdadeiros "grudinhos" da mãe;
- porque, também como diz a lenda, eles mamam muito e por muito tempo;
- porque a partir de agora, que sou mãe de um menino, vou poder conhecer um outro lado da vida, o masculino;
- porque meninos são apaixonados pelas mães;
- porque vejo muito do pai (dele) nele;
- porque vejo uma versão masculina de mim;
- porque filho é bom sempre!!!

Outros

- Workshop do Pano pela BioBebés – Pré inscrições abertas no blog. As T-Shirts de amamentação são fabulosas, falta a colecção de inverno, para já continuo com a camisola no pescoço sempre que o Pedro tem fome.

- “Pregnant in América” (Grávida na América) analisa a traição da maior dádiva da humanidade – o nascimento – por parte das corporações norte-americanas. Hospitais, companhias de seguros e outras entidades da indústria de cuidados de saúde, todas puseram de parte os melhores cuidados de saúde para com crianças e mães, para entrar no jogo do máximo lucro.Com a sua esposa grávida, o sociólogo, professor e principiante cineasta Steve Buonaugurio lança-se na criação de um filme que irá expor a face obscura da indústria norte-americana à volta do nascimento (que como todos sabemos, dita a tendência global) e ajudar a terminar a prejudicial exploração que fomenta sobre a gravidez e o parto.“Pregnant in América” é a história controversa do mais precioso milagre da vida, nas mãos dos mais poderosos interesses de uma nação.
(tradução livre de Carla Guiomar do texto de apresentação oficial disponível em: http://www.pregnantinamerica.com)

2 comentários:

Luisa disse...

Acho que é a primeira vez que comento aqui, embora já espreite este cantinho há muito tempo.
Também sou mãe de um menino e adorei este post. Posso linka-lo, não posso?

Beijinhos

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, que interessante, eu por acaso sempre desejei uma menina apesar do teste da agulha me indicar dois meninos na minha vida!Quem sabe um dia não darei um maninho para a Joana?!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana